2017

image_pdfimage_print

Em inícios de 2017 o Sr. Mazin apresentou o vídeo promocional do Alta de Lisboa

https://www.youtube.com/watch?v=ShqP9tPpEzQ

A Equipe de futebol estava no caminho da subida e tudo parecia estar a correr conforme planeado.

Contudo, a época desportiva ia passando e no final da mesma solicitamos uma reunião a presidente de Junta, Dra. Graça para ver no que nos poderia ajudar, visto que da CML não conseguíamos obter qualquer informação. O desporto dizia que era com o património, o património dizia que não sabia…. em suma ninguem sabia de nada. O Sr. Mazin tinha o projecto pronto, que teimava em estar parado por causa da CML.

A Dra. Graça e depois de um mês de espera para a audiência, sem qualquer preparação do assunto perguntou-nos o que ali fazíamos??? Tínhamos um projecto de mais de três milhões de Euros nas mãos e a junta não estava interessada em nos ouvir. Ali, segundo a Sra. Presidente e no local do Chão do Loureiro poderia ser uma estrada, quartel bombeiros, escola, piscina, etc…. . A junta de nada Sabia. Apresentamos o projecto e obtivemos a resposta ” É interessante”!!!!!!

Poderão consultar o projecto:

projecto

Como da parte da Junta não vimos qualquer interesse , de imediato contactámos o desporto de Lisboa. Continuavam interessados mas nada podiam dizer. O Sr. Vereador do Desporto, em cessação de funções desde o início desse ano demonstrou um total desinteresse pelo projecto e foi um dos pilares do falhanço do mesmo. Contudo o seu gabinete dizia ao investidor ” não abandone o projecto, isto demora sempre um pouco…..”

Aqui, como também não haviam respostas decidimos escrever ao Sr. Presidente de Câmara, Dr. Medina. Toda esta documentação foi enviada por correio registrado ao gabinete do Sr. Presidente e enviado por email também. Hoje, dia 04/03/2019, continuamos sem respostas, nada, silêncio absoluto do sr. presidente.

presidente-medina

Em Julho de 2017, em notícias, depois de ter feito um forte investimento no clube e sentindo-se ultrajado pelo município o Sr. Mazin decidiu abandonar o projecto e o Alta de Lisboa.

A mesma CML que deveria reformular o campo não o fez, que nos diz para conseguirmos um investidor que patrocine 40% da dívida, não nos responde a nada quando temos o investidor que patrocinaria 100% do investimento.

O Alta de Lisboa tinha um projecto de três milhões de Euros, que não tinha interesse nenhum para Lisboa e para Santa Clara.

O Alta continua sem campo, sem solução, sem respostas!