2018

Em 2018 a CML expulsou a UDAL do Campo Chão do Loureiro.

Com argumentação falaciosa e depois de terem recebido o valor da renda do mês em questão.

O Documento em baixo bem prova as intenções:

O clube contestou o documento e a atitude da CML. Anexamos também o pagamento da renda do mês em questão. Já tinham a intenção de nos expulsar, mas continuavam a cobrar o espaço.

Foi solicitado pelo clube uma reunião com o Sr. Vereador do Desporto com caráter de urgência, mas fomos somente recebidos pelo património e pelo desporto dia 25 de Maio. Em baixo o Resumo do que se passou na reunião, tendo este texto sido enviado a todos o intervenientes. O único rebatimento, foi por parte da Dra. Sonia Paixão que nos informou que o jurista presente não era do gabinete do desporto, mas do património.

Finda esta deplorável situação o clube continuou a ser inquilino do espaço e a pagar a renda todos os meses. Passamos e como medida preventiva a enviar Cheque em carta anexa com aviso de recepção postal.

Ainda em Novembro de 2018 e numa reunião na divisão de Desporto com o Chefe de Gabinete, Professor João Monteiro a UDAL apresentou propostas escritas sobre o Chão do Loureiro. Hoje e a 4 de Março de 2019, continuamos a ouvir um absoluto silêncio.