2019

O clube depois do processo em 2018, passou sempre a emitir cheque de pagamento com carta anexa, cheque e registro postal.

Mesmo assim, a CML executa o cheque a pagamento dia 07/01/2019 e dois dias depois cita-nos num documento já com juros por falta de pagamento.

Os documentos falam por si……

Dia 23/02/2019 respondemos por email para o desporto, património e para o email do despacho.

Continuamos a 04/03/2019 a aguardar notícias….

O que enviamos


Exmos Senhores,
Uma vez mais V.Exas demonstram a vossa vil e indecorosa atitude para com a UDAL.
Não bastante a pouca vergonha do que já se passou o ano passado com um processo similar, vêm agora com este processo, demonstrativo do que são.
Em 07/01/2019 V. Exas depositaram o cheque 9573583954 da Caixa de Crédito Agrícola na vossa conta, para pagamento da renda do espaço. Mais, anexamos o registro postal com que fazemos sair a correspondência.
As nossas provas mostram quer o vosso grau de maldade e  incompetência. Bem sabemos que retirar o Alta de Lisboa do Chão do Loureiro, será mais uma medalha de mérito da Sra. Diretora do património, perita em expulsar clubes de seus campos, tal como afirmou que “fui eu que tirei o CAC de lá”
Desta forma, retratem-se, peçam desculpa à União Desportiva Alta de Lisboa, que desde 2004 tem sido a única instituição de peito aberto e boa fé a tentar que V.Exas cumpram o protocolado.
Aguardamos o vosso retratamento

Jorge Malacho
Presidente

ABRIL DE 2019 – AUMENTO DE RENDA DO CHÃO DO LOUREIRO

23 / 07 / 2019 – INVASÃO DO CAMPO PELA EMPRESA DE OBRAS DA ALTA DE LISBOA

Hoje, dia 23/07/2019 a empresa que está a fazer obras na Alta de Lisboa invadiu o campo Chão do Loureiro para trabalhos previstos. O Clube não foi notificado, não foi avisado. A Invasão foi gratuita e após falarmos com o director de obra, a mesma estava autorizada .

Na defesa dos superiores interesses da instituição solicitamos que imediatamente se retirasse do espaço, do qual qual somos inquilinos e não autorizamos.

Esta situação foi imediatamente acatada.

Imagens Demonstrativas em baixo

A UNIÃO DESPORTIVA ALTA DE LISBOA FOI NOTIFICADA DIA 20/11/2019 COM A NOTA PRÉVIA POR PARTE DA CÂMARA DE LISBOA COM O DOCUMENTO ANEXO.

COMO O DOCUMENTO COMPROVA A CÂMARA DE LISBOA NUNCA TEVE NEM TEM INTENÇÕES DE CUMPRIR O PROTOCOLO QUE EFECTUOU COM O CLUBE EM 2004.